Mark Carlyon

Enquanto Machado de Assis é sucinto e sutil, José de Alencar é lírico e João do Rio efusivo. O trabalho do tradutor não se trata somente da transferência de elementos linguísticos, como se fosse transportar uma casa, tijolo por tijolo, e reconstruí-la num terreno ao lado. É mais um trabalho de transmutação; fazer renascer a obra num novo universo linguístico e cultural.
Mark Carlyon é escritor e tradutor radicado no Rio de Janeiro.
Translating is not a question of simply transporting linguistic elements from one side of an imaginary line to another; it is a question of transforming them so that they fit comfortably into their new linguistic universe. Like their creators, works of art could be said to have a body (the content) and a soul (the spirit of the work); the translator must endeavour to be faithful to both.
Mark Carlyon is a writer and translator who lives in Rio de Janeiro